Pages

quarta-feira, 31 de março de 2010

É HOJE!!!!!!See you really soon!!!!!


E nos primeiros minutinhos do dia tão esperado termino a minha contagem... pena que, de tão ansiosa, minha enxaqueca me acompanha desde do momento que despertei... mas ela não foi suficiente para me deter nos últimos preparativos...

O blog, que tanto amo, ficará um pouquinho abandonado esses dias... mas não desistam de mim, pois, enquanto estiver em Fortaleza, se tiver um tempinho, posto as novidades... ou, quando voltar para minha cidade, em plena primaveira, terei muitas histórias maravilhosas, repletas de sentimentos, para dividir com vocês!!!!!!!!

E que o voo seja tranquilo... nada de turbulências!!!!Uiiiiiiii.

See you... really soon!!!!!

terça-feira, 30 de março de 2010

1 dia... amanhã!!!!!!!


Malas organizadas, devidamente pesadas - não ultrapassei o limite, que, inacreditavelmente, é de 23 Kg/cada - ... e ainda sem acreditar que já é amanhã...

Deixarei a casa brilhando, pois, na volta, não quero encarar um Marinete's Day assim que desembarcar em solo americano...

E ontem à noite, enquanto lutava para dormir, comecei a sentir saudades do nosso cantinho, nossa casinha... agora, aqui é nosso lar... aqui que começamos nossa vida de casados, cheia de obstáculos diários, que com mútuo apoio, foram e vão sendo superados... aqui que nos sustentamos e nos fortalecemos... aqui fizemos nossa base... e, agora, somos daqui...

Estamos indo, somente de férias... e, na volta, já com as baterias bem recarregadas, continuaremos com nossos planos, nossa rotina, nossas alegrias, nossas vidas... e esperaremos as visitas prometidas, viu???!!!

segunda-feira, 29 de março de 2010

2 dias...


Hoje foi dia de clube da Luluzinha... passamos uma tarde de brasileiras e brasileirinha com a futura mamãe de segunda viagem Katarina... fomos nos despedir de sua linda barriga, já que o Nicholas está de passagem marcada para chegar enquanto estivermos no Brasil!!!!!!

Quando voltarmos à nossa casinha americana, a comunidade brasileira terá um membro a mais... mas metade já americano!!!!!

Compras, finalmente, finalizaram hoje, com uma passadinha deliciosa e com fragâncias que aguçam mais de um sentido (rsrsrsrsrs) ... minha última parada foi na loja dos nossos sonhos... Victoria's Secret...

Tô discrente que está tão perto, por estar, verdadeiramente, tão perto... 2 dias!!!!!!!

domingo, 28 de março de 2010

Desapego...


O dispensável tem título de mestre na arte de enganar ao vestir-se com o seu prefixo predileto... e assim perdura na vida e cotidiano de muitos... dessa forma impregna de veracidade a sua necessidade, a sua manutenção, a sua existência...

Mas ele só consegue persuadir as pessoas devido a necessidade das mesmas de o possuírem... e essa necessidade é a mesma comprovada no transformar o simples em complicado, transformar o momento em briga, transformar o amor em ciúmes, transformar o prazer em obrigação...

É a necessidade de preencher toda sua vida, seus dias, seus minutos... podia-se ficar somente com o essencial... podia-se ficar com tempo livre e apreciá-lo sem fazer nada, nenhum movimento... apreciá-lo ouvindo unicamente o barulho de sua respiração...

Mas precisa-se do sapato apertado, da roupa larga, do livro lido... precisa-se das futilidades da vida... precisa-se do closet soterrado de roupas de várias estações passadas... precisa-se estar rodeado de sorrisos falsos, de elogios rasgados, de cobras peçonhentas... e alguns ainda precisam de mais de um amor para aquecer seus corações e satisfazer seus egos...

Por isso o dispensável , mesmo com os adventos mais modernos de detecção, consegue aprovação e permissão de passagem, mesmo estando sempre usando o mesmo disfarce... muitas pessoas não tiveram paciência em esperar na fila para imunizar-se contra ele... e facilmente ele veste-se com seu prefixo e cria moradia em algumas vidas...

E dessa forma a vida fica infectada de pertences, situações, sentimentos, pessoas... "indispensáveis"...



3 dias...


Hoje foi dia do maridão colocar os pertences na mala... quase tudo em seu lugar!!!!!

Já estamos nos últimos preparativos... pertíssimo!!!!!!

E faltam 3 dias...


sábado, 27 de março de 2010

4 dias...


Sem quebrar a contagem... hoje a vida foi somente de dona de casa com compensação a noite!!!!!

Ligações MADE IN BRAZIL reforçam que a saudade não cabe mais só na internet.

Desejos de BOA VIAGEM fazem aquele friozinho subir pela espinha...

E só faltam 4 dias...

Disposição...


Onde comprar disposição?

Alguém sabe se o acesso é livre na prateleira ou se necessita receituário para comprá-la?

Quanto mais tempo se tem, mais a disposição se esvairia... talvez sejam grandezas inversamente proporcionais... assim como idade e disposição... mas, na flor da idade, luta-se com o objetivo de recuperar a disposição... por isso, onde comprar?

Disposição para acordar cedo e fazer uma agradável caminhada... disposição para investir 2 horas da manhã estudando... disposição para preparar o almoço - só para uma pessoa - ...

Disposição para manter a casa limpinha e dia sim, dia não, realizar todo o processo de limpeza... disposição para executar exercícios diariamente, com prazer... disposição... disposição... disposição...

Quem sabe é mais fácil importar do Brasil...



sexta-feira, 26 de março de 2010

5 dias...

Falta muito pouco!!!!!

Sem sono, concentração, paciência... com alegria, ansiedade e inquietação para dar e vender!!!!

Dia parado... movimento mesmo só na cozinha... o brownie, felizmente, não caiu no chão e ficou uma delícia... e uma foto de dar água na boca!!!!!


Tá servido???


Cadê o brownie que "tava" aqui?????


Nem nas coisas de costumes, nos movimentos conhecidos, nos pratos mais básicos estou conseguindo êxito hoje... devido a minha habilidade zero precisei lavar a cozinha... lavar mesmo!!!!

Tudo começou com um desejo súbito de comer brownie... o que é simples de fazer aqui, pois compro a massa pronta e acrescento ovos, água, óleo, bato tudo no mixer e levo ao forno... mas o tão fácil virou um desastre... parecia que tinha banha de porco em minhas mãos, pois tudo eu derrubava...

Como estava desejando muito resolvi fazer 2 separadamente, pois já tentei fazer tudo junto e pôr em uma forma, mas não ficou com a textura muito boa... vamos lá... sempre quebro o ovo na beiradinha da tigela onde misturo a massa... perdi o controle da força e o ovo partiu inteiro, caindo no chão e na mistura, com cascas... repirei fundo, limpei, catei as cascas e continuei... fui abrir o pacote da massa e, com ele na mão, fui pegar a tesoura... ele deslizou da minha mão, caiu no chão e explodiu... isso mesmo, explodiu feito maizena no mela-mela dos Carnavais do Ceará... mais uma vez, calmamente, me abaixei e fui limpar o chão... e adeus segunda massa de brownie!!!! Precisei pegar outra...

Misturei a massa direitinho e no momento de desligar o mixer, não sei como, consegui impregnar todo o fio branquinho dele com a massa dark chocolate do meu brownie... deixei lá e fui colocar o brownie na forma... pontaria desprezível!!!!! O balcão, chão, minha blusa, os medidores, o recipiente do óleo... enfim, tudo ficou com vestígios de massa... a cozinha, parecia uma zona de guerra... e eram apenas 2 brownies que estava preparando!!!!!

Brownies no forno, hora da limpeza geral... limpar a cozinha e colocar os pratos na dishwasher... e o último desastre aconteceu... ontem, para o jantar, fiz um camarão no molho de tomate... deixei a panela cheia de água para lavar hoje, com uma colher (concha) dentro... isso mesmo, puxei a concha de uma vez e derramei, no chão, no fogão e em mim, a "águinha" com resto de molho... mas a tranquilidade é minha parceira no dia de hoje pois comecei a rir e pensei logo no blog!!!!!!

Cozinha limpa, banho tomado.... esperando os brownies ficarem prontos e torcendo para que eles não encontrem o chão!!!!!!!Ainda estou pensando se me arriscarei fazendo o jantar hoje...


quinta-feira, 25 de março de 2010

6 dias...


Não estou cumprindo meu papel de estudante... não consigo me concentrar em muita coisa nesses dias finais... seria uma perda de tempo e dinheiro... mas minha teacher esta ciente, pois não sumo assim não... já havia comentado com ela sobre minha viagem... só lhe comuniquei que a mesma foi antecipada em uma semana... mentirinha sem maldade!!!!!

Hoje foi dia de arrumar as malas... 90% já está em seu lugar... mas, como sempre, preciso fazer minha listinha e sair conferindo item por item... agindo dessa forma é muito difícil esquecer alguma coisa... mas hoje também foi Laundry's Day e Cooking Day, afinal a Marinete da casa sou eu!!!!!

E menos de uma semana me separa de vocês... 6 dias... estou já chegando!!!!!!!

A razão...


Explorando o formspring de alguns amigos - que é mais uma invenção do mágico mundo da internet, onde qualquer pessoa pode deixar uma question para ser respondida "sinceramente" (depende de cada um) pelo dono do espaço - encontrei uma que é assunto constante em nossas rodas de amigos... "você escolheu medicina por status ou por dinheiro?"... escrevo minha opnião sincera pelos olhos de esposa, paciente e admiradora do meu médico...

Status... há algum tempo acredito sim que havia o olhar e a surpresa envolvendo essa profissão de uma forma mais exacerbada... as avós, nas reuniões da igreja, enchiam o peito de orgulho, ao dizer que o neto é médico... mães espalhavam entre as amigas sementinhas da inveja ao contar sobre o bem sucedido filho médico... meninas apresentavam aos pais, com os olhinhos brilhando, seu namorado estudante de medicina, escolhido a dedo... no tempo em que precisava-se de uma rotina de estudo de, no mínimo 8 horas/diárias, para obter sucesso no vestibular de medicina...

Dinheiro... depende da residência escolhida, do capital que você tem para investir em você mesmo, se está disposto a deixar a capital e trabalhar em cidades do interior, se considera sua casa apenas um dormitório onde você dispende aproximadamente 6 horas...

Atualmente, os médicos não são mais formados por vocação, esforço e determinação... há milhares de opções de faculdades particulares, onde o dinheiro é a porta de entrada e "qualquer um" pode obter sua graduação... essas faculdades são abertas mesmo sem possuir hospitais destinados ao treinamento desses futuros profissionais...

E médicos ainda precisam enfrentar o miserável salário de residente, as pobres condições de trabalho, sejam em hospitais famosos na capital ou em pequenos consultórios dos postos de saúde no interior... precisam enfrentar uma rotina de trabalho estressante e exaustiva...

Meu médico, por vocação, tem rotina estressante e exaustiva, salário de residente... mas um hospital equipado, moderno... um hospital de primeiro mundo, com todas as ferramentas e suporte necessários ao exercício digno dessa profissão... por isso migramos... migramos para um local onde meu médico, por amor, exerça sua profissão dignamente, reconhecidamente... onde meu médico se realiza, aprende, sente-se médico.

O dinheiro será uma futura consequência... o dinheiro poderá ser utilizado para comprar bens... bens que não irão sobressair nem causar tanta inveja aos olhos dos vizinhos... e não iremos ser sequestrados, assassinatos por possuir esses bens... poderemos colher o fruto no futuro... por isso migramos.

quarta-feira, 24 de março de 2010

7 dias...


Mesmo ansiosa não consigo abandonar minha sessão diária de terapia...

Meu blog atingiu seu auge de visitas quando, em um dia, registrou, aproximadamente, 100 visitas... na minha doce ilusão, fiquei feliz... certamente eram meus amigos querendo ler sobre o que tenho vivido aqui... ou meus familiares, com o mesmo propósito... mas o que é público e está na internet não é visitado somente por benfeitores... a porta está aberta para todos!!!!!

Após a restrição, o número de visitas caiu drasticamente... mas, sabiamente e imunizada, não fiquei triste...muito menos desmotivada. A alegria em ver visitas de coração, comentários carinhosos, preocupações familiares... nada de importante havia mudado!!!!! Apenas o inevitável tornou-se evitável após um convite não enviado!!!!!!

A portinha continua trancadinha!!!!!!!E não sei onde guardei a chave (pelo menos por enquanto...depois a encontro!!!!!!)...

Vocês são sempre muito bem vindos!!!!!!!

E a contagem continua... 7 dias!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

terça-feira, 23 de março de 2010

8 dias...


Quase colocava no título do post 7 dias... já atropelando a semana... só para que chegue logo o dia!!!!

Minha inspiração abandonou-me... não sei se por ciúmes, já que respiro Fortaleza, ou por falta de espaço em meu cérebro, pois é tanta coisa ainda para finalizar... e não sou de deixar tudo para a última hora... mas é muita, muita coisa envolvida em sua primeira viagem Internacional de "volta" ao Brasil!!!!!!! "Volta", escrita dessa forma, pois é uma ida rápida com volta já marcada... mas suficientemente grande para nocautear um pouquinho da saudade!!!!!!

Finalizei hoje o estoque do meu bazar... os últimos itens foram comprados e fotos já estão sendo postadas, aos poucos, no orkut... ah, o bazar (suspiros de alegria, felicidade, ansiedade)...já chego com tapete vermelho, pois irei reencontrar e conhecer sujeitinhas tão importantes e especiais...

E no oitavo dia de contagem regressiva ainda tenho tanta coisa a resolver!!!!!Mas é bom que me ocupo e não acabo com minhas unhas... de tanta ansiedade!!!!!!

segunda-feira, 22 de março de 2010

9 dias!!!!!


Tentei me segurar, mas não consegui...impossível não fazer contagem regressiva!!!!!!

Faltam 9 dias para abraçar quem amo... comer tapioca, baião de dois, carne-de sol, caranguejo, pãozinho com manteiga, macaxeira frita, feijoada, churrasco... visitar amigos e família... conversar muito em Português... sentir o calor tão falado que está em Fortaleza... apertar até matar a Zairoca... dormir no meu quartinho de solteira... andar de Paranjana (se for preciso, não tem problema!!!)... tomar um espumantezinho com minha irmãzinha, mainha e Rê... ir a praia... ir ao Beach Park... conhecer o Davi... ganhar um dinheirinho no Bazar... assistir a Globo... conhecer a Lulu Mix e o Dr. Café... aprontar todas no Chá de Panela da Rê... passar a tarde inteira no salão de beleza Cheiro Cheiroso...

Eu sei que é muita coisa... essa é minha lista de desejos... e desejo, é desejo!!!!!

Coração bateu mais rápido após ler essa postagem... tá chegando!!!!!!


domingo, 21 de março de 2010

Recipientes...


Acompanho sempre o que acontece no Brasil pela internet...não tinha esse hábito até um amigo dizer que não passava um dia sem visitar, pelo menos umas 3 vezes, a globo.com... e vira um vício mesmo... algumas vezes aguça a saudade... outras vezes um frio sobe vigorosamente pela sua espinha dorsal...

Já fiquei com raiva por ter somente notícias sobre BBB (que não acompanho, não entendo nada e me sinto um peixe fora d'água)... ou sobre assassinatos, roubos... mas mesmo assim não desisto de encontrar boas notícias... como a que encontrei ontem e, quase passa despercebida, por não estar em um local de destaque...

Motoristas de ônibus do RJ tem aulas de Inglês para poderem se comunicar com os turistas, principalmente durante a Copa e Olimpíadas... mas não foi a notícia e sim a empolgação e determinação deles que me fez ler toda a matéria, que me fez pensar sobre o que temos...

Aulas são ofertadas antes ou após o turno de trabalho ... os alunos cumprem o horário direitinho, não faltam... alguns andam com o livro para todos os lugares... outros investem o pouco salário que recebem em mais livros nesse novo idioma... transmitem o novo conhecimento aos filhos em casa, envaidecidos com tal feito... já se matriculam em outro curso, para que aprendam mais... fazem lembretes com as frases mais utilizadas e os colam no painel do ônibus (a famosa "cola")...

Tanto esforço vindo desses motoristas... e foi esse esforço que me fez lembrar, pois a certeza já tenho, dessa incomparável, impensável e inegável experiência que estou vivendo... aprender um idioma exige muito de você, mas compensa o esforço quando os resultados aparecem... aprendo na fonte, imersa completamente na cultura, nas palavras... imersa na vida real!!!!

E como não agradecer? Como não aproveitar? Como não se sentir privilegiada?...

E, não muito distante, ainda existe a teimosia, o desperdício, a ignorância, a desistência, a covardia, a desilusão, a estagnação... nesse país de oportunidades ainda há recipientes cheios até a tampa por essas palavras!!!!!


sábado, 20 de março de 2010

Será que eles iriam gostar do meu Ceará???


O sol realmente chegou por aqui... e trouxe com ele um calorzinho bom... hoje os termômetros marcaram 72 graus Fahrenheit... em nossa linguagem, 21 graus Celsius...

Ontem mesmo ouvi alguns passarinhos cantando... e assim percebemos que a estação está mudando... não só assim... secador de cabelo dentro da gaveta... meias-calças esquecidas no cesto de roupa suja... botas perderam o local de destaque junto aos sapatos... o armário, com os casacos, completamente desprezado... luvas... onde será que estão as minhas???...

A rapidez com que fico pronta para sair de casa me deixa feliz e deixa claro que o inverno chegou ao fim!!!!!!

Passar de - 14 graus Celsius para + 21 é bom demais... pude renovar o ar no apartamento... o condomínio fica mais vivo... várias conversas e risadas são ouvidas durante todo o dia... e toda a noite - nossos vizinhos são bem animados!!!!

Mesas na grama, várias garrafas de cervejas e copos descartáveis vermelhos, característicos de americanos - praticidade - e algumas mulheres arriscando uma pele bronzeada, sentada em suas varandas, com roupas e munidas de livros...

E vendo a alegria das pessoas com a presença do nosso conterrâneo amigo amarelo, tenho certeza que a felicidade seria eterna ao descobrirem o meu Ceará.... precisariam de várias camadas de protetor solar... mas o vermelhinho na pele seria característico de... eu conheci o seu ensolarado Ceará!!! E cá, quero vir morar!!!!!


sexta-feira, 19 de março de 2010

"Tá muito importante mesmo..."


E ao chegarmos em casa hoje, após coletar a correspondência em nossa caixinha de correio, ouvi, em tom masculino, mais precisamente, através das cordas vocais do meu marido, uma expressão bem cearense: "Vixe!!!"... nós sabemos que tal expressão nunca vem acompanhada de uma agradável notícia ou comentário...

Pensei logo em uma multa... e o pior, pensei logo em uma multa em meu nome... mas ao mesmo tempo pensei - "Como? Se eu, ultimamente, nem estou "triscando" no carro?"... mas passado esse pensamento inicial ele tornou visível o papel que acabara de tirar da caixinha...

Um recrutamento para fazer parte de um júri popular na cidade de Philadelphia... "Como assim? Eu? Tem certeza? Tem meu nome escrito? Como eles me descobriram? Quando é? Eu não quero!!! E a nossa viagem? Mas é obrigatório!! E agora???... todas essas perguntas vieram assim, uma atrás da outra, sem pausa... enquanto isso meu marido segurava a carta, ainda fechada, e esboçava aquele risinho meia-boca característico de "tá lascada"!!!!!

E ainda continuei... "Não vou deixar de viajar...e agora? Abre logo!!!!!"...

Enquanto ele abria o envelope cuidadosamente, ia comentando... "Tá muito importante!!!!Júri popular!!!!"... e em outro tom, mais protetor, depois dizia..."Júri popular...e se for um assassinato? Amor, é muito pesado... tu vai ficar confinada... sei não." Nessa hora comecei a me empolgar, já queria estar lá, sentada com os outros jurados, analisando e participando dessa experiência completamente nova!!!

Após aberta vimos que o dia de comparecimento seria no dia que retorno do Brasil... aí vi que não seria possível pelo horário... seria bom participar, mas pela data não aconteceria. Algumas perguntas são feitas nesse papel de recrutamento como, se você é capaz de entender, escrever, falar Inglês... se você é capaz de entender e julgar os fatos... se você possui alguma doença incapacitante (comprovada por atestado médico)... e , a que, definitivamente, impediu minha entrada nesse tribunal, se você é cidadão americano!!!! Ainda não... mas quem sabe chegamos lá!!!!

E um sorrisinho de quase americana mesclado com um suspiro de alívio encerraram a conversa... mas ainda escuto dele, por brincadeira - "Tá muito importante mesmo!!!".


Dia ensolarado...

O sol só precisa brilhar... o calor, mesmo ameno, recorda-me o cotidiano deixado no passado... as roupas, mesmo com sua leveza, não são características de uma quente manhã... mas não estava tão quente assim.

Regredir duas décadas... colorir, fantasiar, conversar, rir e perceber como a vida é simples...

Compartilhar momentos únicos, cheio de esperanças e ansiedade... é um menino!!!! Já era do nosso conhecimento, mas a cada exame, o coração dispara, na esperança de ver um pouquinho mais sua alegria futura. E vi o pézinho inquieto através da pele da barriga dessa mamãe... sua barriga de 37 semanas perfeitamente linda...

Correndo, gritando, escondendo, procurando, bagunçando, explicando... essa é a linguagem permitida e assim nos comunicamos perfeitamente... com cosquinhas e risadas.

Descobrindo mais um apoio, mais uma amiga, mais uma família sempre bem vinda... sente-se o acolhimento... sente-se a família crescendo.

Sem pedir, recebi tudo... tudo e mais um pouco. Com direito a bolo de cenoura recém saído do forno, cafézinho e muita conversa.

E foi assim um dia perfeitamente ensolarado...



quarta-feira, 17 de março de 2010

Ai meu nariz!!!!!


Mudanças de estações não passam sem influenciar pessoas alérgicas... início do inverno foi incapacitante para meu sistema respiratório... e agora engatinho no início da primavera...

Refeições são acompanhadas por cápsulas, comprimidos e preparações nasais... perdendo aulas, tempo e momentos...

Tudo o que eu queria era minha mãezinha trazendo, na minha cama, comidinhas e o famoso guaraná Antarctica, super bem vindo durante as enfermidades de criança!!!!

Hopefully, I'll feel better tomorrow!!!!

terça-feira, 16 de março de 2010

Por dentro e por fora...


No curso das minhas peregrinações pelo centro da cidade de Philadelphia, ou seja, diariamente, percebo a diferença existente sobre as pessoas que caminham ao meu lado nesse novo país. Por ser altamente observadora... até demais... conclui que, pelo sua cor, define-se seu estilo... sempre lembrando que toda regra tem a sua pontual exceção, e que minha observação aconteceu entre as "young ladies"...

Mulher branca... roupas discretas, em tons pálidos, quase confudidos com nudez, muitas vezes... conforto acima de uma boa aparência, então o tênis é fundamental... cabelos presos ou cortes super discretos, comuns... voz baixa... andar concentrado, quase flutuante... acessórios discretos - até hoje vi pouquíssimas brancas com argolas ou brincos maiores-... unhas curtas, sem esmalte fluorescente.

Mulher negra... muitas vezes consigo ver o arco íris em uma só peça de roupa... adoram cores... o mais apropriado seria chamar salto com sapato, pois facilmente a encontro com saltos altíssimos... e algumas, de gosto mais apurado, com exemplares belíssimos... perucas, isso mesmo - super comum entre as negras - ... tom de voz: megafone... impossível uma passar e você não olhar... andar extravagante, quase em uma passarela... unhas longas e bem pintadas, mas algumas inovadoras demais... e os acessórios são apenas "acessórios" quando comandados por mulheres tão cheias de atitudes...

Pelo telefone sabe-se a cor de pele, pois o modo de falar é completamente diferente...

E, analisando minhas observações recentes, conclui que, após sair de casa hoje com minha sandália roséo cereja, minha calça brasileira - que foi reconhecida por outra brasileira assim que desembarquei em Miami - minha e-charpe fashion, meus longos brincos, meus imensos óculos, relógio e bolsa, e meu marcante andar... conclui que EU SOU NEGRA... nesse país meu estilo é dessa cor...

E hoje, ao preencher os papéis do Censo 2010, por falta de opção, fui orientada a marcar um "X" na raça WHITE... branca, eu?

Sigo assim, feito uma esponja pelo novo, nesse país com minhas "duas cores"... inside and outside!!!!!


segunda-feira, 15 de março de 2010

Queria sorvete, mas era feijão!!!!


Após o epicentro do terremoto estou voltando... com meus textos leves... e inofensivos,rsrsrsrs.

Sabe aquela risada compulsiva, que lhe arranca lágrimas, lhe fecha os olhos, lhe estanca a respiração, lhe faz rolar na cama e lhe impede de explicar o porque do ataque?... Foi inspirada nessa sensação maravilhosa que desfrutei ontem a noite após ver uma nova comunidade adicionada ao seu orkut, pela minha querida amiga Érica, que escolhi meu tema de hoje...

Qual a funcionalidade de uma comunidade no orkut? Ao serem criadas, tenho certeza, que o objetivo derradeiro seria o de encontrar pessoas que se relacionaram em um certo momento da vida, em um certo local e que perderam contato... ou ajudar pessoas que possuem o mesmo problema ou objetivo em comum, através de tópicos com relatos de experiência e tira dúvidas...mas isso já é passado...

Posso acessar o perfil de uma pessoa que só falei "oi" e sei onde ela cursou faculdade, o que lhe incomoda, sua estatura, se é casada, invejosa, brava, como dorme, o que gosta de comer, nome dos filhos, gosto musical, atividades preferidas, o que ela pensa sobre si.. enfim, um mundo de comunidades no orkut que, realmente, perderam sua funcionalidade!!! Mas é divertido definir-se dessa forma e não julgo quem o faz... adoro dar longas risadas com as interessantes comunidades adicionadas e compartilhadas em atualizações diárias...e as mais interessantes (no sentido sobre qual assunto os participantes discutem), na minha opnião, são:

  • Tenho uma aliança de ouro;
  • Eu uso Havaianas;
  • Tenho pernas lindas;
  • Já me jogaram na piscina;
  • Estaladores de pescoço.

E algumas, que, no primeiro contato visual, vem aquele risinho enigmático em seu rosto... seria uma mera coincidência ou Deja Vu?

  • Eu bebo e ligo para as pessoas;
  • Quando bebo fico rico;
  • Ando em casa igual um mendigo;
  • Fui dormir de rímel acordei um panda.

E, claro, a inspiração para esse meu post, que ao ler seu título não entendi... mas ao ler sua descrição o episódio epilético ocorreu!!!!!!

Queria sorvete, mas era feijão!!!!

"Sua mãe, tia ou avó, eh daquelas que bota o resto daquele "delicioso" feijão do mês passado nos potes de sorvete? Pois eh, se você já foi enganado naquela tarde quente de verão, foi louco achando q era sorvete, e abriu e viu aquela coisa nojenta e marrom com cheiro forte de feijÃo!..."


Lembrei demais das várias vezes que cai nessa pegadinha feita, inconcientemente, por nossas queridas mamães!!!!!! E você, já experimentou essa frustação? De querer sorvete e ser feijão???

sexta-feira, 12 de março de 2010

Dona e Proprietária...


Só para mostrar a tortura de foto...

Só para mostrar a alegria em comemorar mais uma primavera... literalmente na estação...

Só para mostrar a dona e proprietária do dia 10 de Março...

Só para mostrar minha linda irmãzinha!!!!! E o bolo estupendo que me deixou com água na boca!!!!


Que seja feita a Vossa vontade...



Há pouco mais de um mês venho acompanhando diariamente a dor da viuvez de uma jovem mulher... me senti bastante tocada pela situação que ela vem enfrentando e todos os problemas associados a perda de marido, pai dos filhos e homem da casa... diariamente deixo em seu blog palavras de encorajamento e me engajei em sua campanha de arrecadamento de notas fiscais... e, infelizmente, isso é tudo que posso fazer por ela...

Como todos dizem, é a única certeza que temos nessa vida... mas, por mais que eu tente entender, me preparar, não consigo enfrentar esse assunto muito bem. E foi procurando respostas e conforto que iniciei minha busca em prateleiras diferentes...prateleiras preenchidas por livros espíritas...

Minhas orações são mescladas pelas duas religiões...sempre peço a Deus para iluminar o caminho a ser percorrido até seu Reino e o conforto necessário à família... e aos grandiosos, poderosos e bondosos espíritos o acolhimento aos perispíritos ainda tão confusos e discrentes após suas desencarnações...

Tenho medo e o peito exala angústia ao pensar nas perdas que ainda enfrentarei...

Vendo a dor de um pai que perde a filha empresária, nos seus 35 anos, voltando para casa depois da missa e silenciada por um tiro na cabeça, sendo tudo presenciado por sua mãe... lendo sobre os diversos casos de "saidinhas bancárias" onde disparos são gratuitos e salve-se quem puder... dissecando as palavras em uma reportagem que narra cartoonista e filho serem assassinados após discussão, e na platéia dessa tragédia, esposa e filha...

E, apegada a sua fé, a jovem empresária sempre retrucava confiantemente as indagações cheias de preocupação e zelo feitas, diariamente, pelo seu pai:

"Pai, não se preocupe...meu Deus é poderoso, e com ele posso tudo. Ele me protege."

Que seja feita a Vossa vontade...

quinta-feira, 11 de março de 2010

Continuo a mesma...

Não se assustem...a aparência do blog mudou, mas eu continuo a mesma!!!!!

E agora sim, o blog tá a minha cara!!!!!!

Under pressure !!!!



Lembro que nunca fui muito de escutar músicas... sempre gostei mais de dançar embalada por elas...

Minha paixão mesmo é televisão... e por isso prefiro DVDs e Blue-Rays...

Como a vida é desenhada pelas mais variadas melodias... você pode passar anos sem escutar determinada música... mas ao menor sinal das notas musicais seu cérebro já jorra e lhe inunda com as lembranças a ela atreladas... alguns sorrisos, suspiros, estado de hipnose, lágrimas... acho que mais poderoso que uma saudoso momento sonoro só mesmo um cheiro marcante...

Logo no início dos meus trajetos de ônibus e caminhadas solitárias pelo centro da cidade sempre andava com o mp3... mais para não ser interrogada por alguém nas ruas, pois meu inglês ainda era muito fraquinho, do que para me distrair... e assim ia escutando meu Exaltasamba... como eu adoro... mas o Exaltasamba antigo, da época de "Cartão Postal" e "Eu Me Apaixonei Pela Pessoa Errada"... quando ia para a esteira, devido ao mesmo medo, mp3 a tiracolo e dessa vez escutava Psirico... quando me via cantando e as outras pessoas olhando sem entender nada... eu me divertia...

Marinete's Day sempre embalado pela Beyoncé... acho que por essa razão demoro mais limpando, pois interrompo o processo inúmeras vezes para arriscar uma coreografia, guiada por ela...

E foi somente aqui, podem acreditar, que escutei e vi pela primeira vez Queen... e como me apaixonei... graças ao meu intelectual cônjuge que aumento minha cultura sonora... e ao som deles estou escrevendo esse post... escutando pela milésima vez a música com a qual pulo, faço poses, grito (coitado dos meus vizinhos), canto no mais alto e desafinado tom...extravaso!!!!

Under pressure!!!!!!

"'Cause love's such an old fashioned word
And love dares you to care for
The people on the edge of the night
And loves dares you to change our way of
Caring about ourselves
This is our last dance
This is our last dance
This is ourselves
Under pressure
Under pressure
Pressure"




quarta-feira, 10 de março de 2010

Hummmmm....

E foi de uma forma prazerosamente nostálgica que meu dia encerrou-se...



Assistindo Branca de Neve e os Sete Anões...


...e saboreando o presente gastronômico ofertado pela minha querida amiga Bela... e sim, eu tenho o olho maior que a barriga!!!!


Prefiro agradecer...


Nem tudo são flores...

O dia começa nostálgico... mesmo não estando um tempo tão frio sinto que será difícil abandonar a cama e a proteção do lar... mas é preciso... tenho que!!!

O banho não requer mais aquela água escaldante e o cabelo não necessita ser secado... isso já faz o dia ficar melhor... almoço já feito, mas prefiro só um lanche...

Caminhada agradável até o ponto de ônibus...algumas informações fornecidas a uma senhora e 40 minutos de percurso...nada de anormal no caminho... só a data sendo mostrada no letreiro do ônibus me lembrando o quanto estou longe hoje...

A mesma caminhada, os mesmos 6 quarteirões percorridos toda segunda, quarta, quinta e sexta... na terça caminho 8... os mesmos rostos desconhecidos, as mesmas ruas, agora, conhecidíssimas...

1 até as 3h... adoro minhas aulas, meu humor muda completamente...e hoje o assunto foi relacionado com saúde... como me identifiqei, como falei, como interrompi a Jackie... mas isso me fez bem. Apesar da sensação que há muita coisa a ser aprendida, a ser absorvida, as horas que passo diariamente nessa atividade são indispensáveis... mas você percebe que todo aquele novo vocabulário só irá fixar-se em sua rotina quando aplicados em alguma situação... e assim fica tatuado e aumenta sua massa cinzenta...

Outra caminhada, mais 40 minutos de volta, passa no caixa eletrônico, abastece o cartão da lavanderia, chega em casa... laundry's day... completamente sem paciência... sem ânimo... sem vontade de comer... agora preciso cozinhar e só para mim...

O dia não foi tão bom... o astral não estava dos melhores... talvez por estar sempre lembrando que hoje é o primeiro de muitos aniversários de pessoas tão amadas que não vou compartilhar, não vou abraçar, não vou presentear...

Mesmo com essa nuvem negra sobre mim, no momento em que deitar minha cabeça no travesseiro vou fazer minhas orações de todas as noites e agradecer arduamente por tudo que tenho em minha vida... pedir para os que partiram repentinamente sejam acolhidos na casa do Senhor... pedir para os que ficaram o conforto necessário... muita saúde e proteção para todos que amo... e a mão protetora sobre meu marido durante mais um plantão... ainda não consigo rezar pelos que não gosto (e nem sei se um dia conseguirei)!!!!

As vezes até esqueço de pedir para mim... prefiro agradecer!!!!




Dia mais que especial... o dia dela!!!

Pivetinhas e de botinhas ortopédicas...


Despedida no aeroporto ...


E nas primeiras horas desse dia inicio minha homenagem...

Ela não visita muito o meu blog, pois a correria do dia não lhe presenteia com esse momento de navegação e curiosidade pela internet... mas quero deixar aqui registrada o amor que sinto por ela.

Ter uma irmã, quase gêmea, foi a melhor coisa que meus pais fizeram... acidentalmente mas fizeram. Quase gêmea não por parecermos fisicamente ou no jeito de ser...gêmeas por apenas 1 ano e 5 meses de intervalo entre as estadias da Dona Ana na Maternidade Cura D'ars. E isso nos tornou sempre próximas... bem, nem sempre.

Infância tenho vagas recordações, mas pelas fotos, éramos super unidas... na adolescência foi um período mais conturbado, mas por minha culpa... tenho uma personalidade não muito fácil... e a família tem uma micro paciência na árvore genealógica. Já a fase adulta, somente ótimas recordações... não poderia pedir mais nada em uma irmã... não preciso de vários adjetivos para descrever a grandeza de espírito e coração que ela possui... e é justamente isso que a torna tão especial.

Tatinha, amo demais você e agradeço a Deus por ter vivido momentos tão mágicos ao seu lado... acho que você deve fazer idéia da falta que faz no meu cotidiano... mas se é essencial, não podemos lutar contra.

10 de Março... esse dia é todo dela...

segunda-feira, 8 de março de 2010

Internacional???

Uma verdade carregada até hoje foi desmascarada...

Nem ouvi falar sobre isso hoje por aqui, só lembrei ao ver nos orkuts de amigos e ao receber mensagens carinhosas...

O Internacional não inclui essa nação em que resido por 9 meses (completados hoje)...

Descobri hoje que O Dia Internacional da Mulher não é Internacional!!!!!!!


Mas ganhei musiquinha do Erasmo Carlos... e isso já fez meu dia mais que especial!!!!

"...Vejam como é forte a que eu conheço
Sua sapiência não tem preço
Satisfaz meu ego se fingindo submissa
Mas no fundo me enfeitiça..."


Novamente...


Por que é necessário que se sonhe todo noite?

Por que a mente é capaz de pregar tamanha peça?

Por que, em um momento de total relaxamento e desligamento do mundo real, isto acontece?

Porque não temos escolha, não temos opção...porque nesse momento de desligamento nossos músculos voluntários relaxam e os involuntários continuam com o suporte essencial... porque não controlamos os sonhos... muito menos controlamos os pesadelos... os sonhos que, definitivamente, nos pertubam, nos indagam, nos questionam. Porque é fundamental.

Sei que este assunto, sonho, será meu eterno pesadelo.

domingo, 7 de março de 2010

"And the Oscar goes to... "

E é em clima de Oscar que venho indicar três produções cinematográficas com as quais me deletei nesses últimos dias... espero que os incluam em seus "lights" programas de fim de semana...



PRECIOUS / Preciosa - Uma História de Esperança (título em português): conta a história de uma adolescente de 16 anos, obesa mórbida e analfabeta, vivendo com a mãe que a agride verbal e fisicamente. Só o rostinho da garota já nos dá uma sensação de pena e impotência.




THE BLIND SIDE / O Lado Cego (título em português): com Sandra Bullock. Michael Oher é um "sem teto" e traumatizado garoto, que é acolhido por uma bondosa e rica mulher. A partir daí sua vida começa a mudar... baseado em fatos reais.




LAW ABIDING CITIZEN / Código de Conduta (título em português): com Gerard Butler - ator de 300 e P.S.:I Love You- e Jamie Foxx. Um homem de família que vê esposa e filha serem assassinadas... após passar por essa terrível experiência ainda precisa enfrentar uma "justiça dos homens" imperfeita. Filme super bem escrito, baseado em vingança.


Programa marcado para hoje a noite: assistir ao Oscar e torcer para os favoritos (meus, lógico) levarem a estatueta para casa.


Ah, aproveito para pedir desculpas pelo enigmático post anterior, não queria deixá-las tão curiosas...2 pessoas descobriram do que se trata...as cores e imagem do começo desvendam minha enorme alegria!!!!!

sábado, 6 de março de 2010

Casei de novo...



Companheirinha de muitas madrugadas e hoje veio definitivamente sem hora de partida... virando de um lado para o outro da cama e com muita inveja do meu marido, que já devia estar no segundo sono, vim buscar refúgio no local de sempre: acampamento na sala com a net.

Mas hoje minha insônia tem agradável razão. Não consigo me conter de tanta ansiedade e alegria.

Há tempos esperava por esse dia... já estava com essa ansiedade e dúvida no peito... incertezas são devastadoras.

Inúmeras tentativas para que o processo encerra-se de forma bem sucedida.

Mãos geladas, coração acelerado, ansiedade, explosão de alegria... por essa sintomatologia, hoje casei de novo e nem sabia.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Primeiro Selo...

Ontem a noite, após assistir um filme com o maridinho, vim para a net conferir as atualizações nos blogs que sigo. E fiquei super feliz em ganhar meu primeiro selo.

Recebi da querida Fátima do blog http://quesaudadedaamelia.blogspot.com/



Fátima, obrigada pelo carinho e pelo acompanhamento do meu blog desde a primeira postagem. Esse selo serve como um grande incentivo. Adoro seu blog!!!

Regra: 7 coisas sobre mim e 7 blogueiros merecedores do selo!!!!

  1. Sou chatinha com limpeza;
  2. Amo a cor róseo;
  3. Amo cachorro;
  4. Tenho obsessão por produtos de cabelo e pele;
  5. Tenho poucos amigos, mas são verdadeiros amigos;
  6. Amo minha família;
  7. Amo e admiro demais meu marido.
Blogs que indico (infelizmente, não tenho sete blogs para indicar...)

Denise Brandt - http://bonecasdepapeldenisebrandt.blogspot.com/

Paula Aragão - http://paula-aragao.blogspot.com/

Marcele Alencar - http://naoquerooutrolugar.blogspot.com/

Vale muito a pena conferir esses blogs acima...já fazem parte da minha rotina.

Muito obrigada Fátima!!!!! O primeiro selo a gente nunca esquece!!!!

quinta-feira, 4 de março de 2010

Permanece assim...



O tempo vai passando e o espelho vai nos lembrando disso sempre que o encaramos. Mas, preciso confessar, algumas coisas ainda não consigo me desapegar, não consigo evoluir. E se elas me fazem bem e não interferem no bem estar de ninguém, por que não continuar com elas?

Desenho animado... isso mesmo, cartoon. Quando cheguei aqui tinha a desculpa de que o inglês é perfeito, sem gírias e seria uma ótima forma de melhorar meu listening... sei o horário do SpongeBob nos 2 canais que ele é apresentado diariamente, que é o meu favorito.

Acampar na sala... amo televisão e a nossa da sala é bem maior que a do quarto. Então "acampo" na sala...encho o colchão de ar tamanho queen, afasto a mobília e estou pronta. Marido de plantã0 = acampamento!!!!Daí fica isso logo na minha sala de estar...

Pink... não sei a razão, mas tenho uma fixação por essa cor. É minha primeira escolha em muitas compras, e muitas vezes preciso me controlar... gosto em todas as tonalidades...meu netbook é róseo clarinho.

Franjinha... essa é culpa da minha mãe. Quando pequena, sempre de franjinha...lembro demais dela colocando "durex" na minha franjinha, para que o corte saísse retinho...e depois disso eu gostei. São raras as fases da minha vida em que não tive franjinha ou franjão...mas o melhor foi que na última semana meu marido me indagou - "tu vai usar franjinha até quando tu tiver mais velha?"- foi aí que comecei a me questionar se está na hora de parar de usar.

Tudo enfeitadinho... sabe quando você vai comprar caderno, "colecionador", caneta, estojo... você quer tudo enfeitadinho e olha para o lado e tem uma criança de 8 anos escolhendo tudo que você acabou de selecionar... ainda sou assim... não gosto de cores escuras, prefiro tudo colorido, cores vibrantes (pink, de preferência) e com florzinhas, desenhozinhos.

Biscoito... amo biscoito recheado, cookie... mas amo de comer no café da manhã e antes de dormir. Marido já sabe, quer me agradar chega em casa com cookie!

Brinquedos... agora eu consigo enxergar a cena bem direitinho. Estávamos em NY, em uma loja imensa de brinquedos, um sonho. E eu me agarrei com um par de patins, róseo com branco, da Barbie... e dizia - "amor, tá muito barato. Eu quero!"... - "amor, é muito perigoso patins...e se tu cair?"... pensei um pouquinho e com dor no coração larguei os patins na loja... mas hoje rio do fato e sei que seria loucura.

E dessa forma vou vivendo, vou envelhecendo... daqui há pouco chegam os filhos e o lado criança ficará mais proeminente... vou esperar, ansiosa, por essas companhias para esse mundo que não consigo abandonar.

quarta-feira, 3 de março de 2010

Dias assim...



Dias em que o tempo está frio, sombrio e úmido.

Dias em que as palavras são melhores pronunciadas, arduamente pensadas, profundamente estimulantes, minuciosamente escolhidas.

Dias em que o carinho está no olhar, no sorriso, nos mais simples gestos, no acalantador abraço, no silenciador beijo.

Dias em que se coloca o amor em tudo que faz, não vê erros em nada, observa silenciosamente.

Dias em que se externa a dor, a incapacidade, a fé, a vontade.

Dias em que se é incrédulo, conversa com Deus, chora com Ele, se culpa.

Em dias assim... senta em um cantinho escuro da casa, silencia, reza, pergunta "por que", escreve, respira fundo e continua... em dias assim seja mais humano, ame mais, compreenda infinitamente.

Dias assim sempre irão existir... se permita abaixar a cabeça, mas a levante o mais rápido possível... não importa o quanto eles permanecem ou o tempo que demoram a retornar... pois dias assim sempre irão existir.


Precious Feeling...


Não tenho coragem nem disposição suficiente para narrar o que aconteceu neste dia em 2009, pois é muito doloroso. Não consigo olhar fotos, vídeos, falar sem que minha voz fique embargada e meus olhos marejem. Carrego comigo o sentimento de culpa...carrego comigo o "se".

Muitas pessoas ainda não tiveram a oportunidade de experimentar esse tipo de amor... ou por não gostar, ou por preguiça, ou por contenção de gastos. E, por não terem vivido e sentido esse amor, muitas vezes, não entendem essa relação completamente desgarrida de cobranças.

A dor que sinto ainda não se transformou na saudade gostosa, na qual todos falam a respeito e que vem com o tempo.

Bem, no final de janeiro,a professora do curso de inglês que faço em uma Library falou a respeito da revista anual que publica histórias dos alunos, conhecida como Speakout 2010. Era opcional a participação e sua história passaria por uma comissão para escolha das publicáveis. Imediatamente me interessei... e minha princesinha, tenho certeza, abanou o rabinho de felicidade ao saber que iria ganhar uma historinha sobre ela.

Peço desculpas pelo texto em inglês, mas queria postar aqui exatamente como escrevi...


Precious Feeling

Ten years ago, my mother, my sister and I earned from my father a little, white and cute present. He gave us a poodle puppy. She was 6 months-old and she already had a name, Yucha, and a lot of bad behaviors too, like peeing, chewing, digging and pooping everywhere and in everything. It was very tough in the beginning, because just my sister wanted that dog in our house. My mother and I didn’t need and didn’t want that responsibility and those chores every day.

But, we just fell in love with that little, fantastic, fun and adorable pet. About one week later, everyone in my house became “Yucha’s mommy”. All the chores were shared and Yucha was a good girl, because she didn’t make any mess in the house. Well, sometimes, she did, but it was not her fault, it was our fault for not going for a walk with her. We never trained her, but Yucha was very smart. She was always trying and ready to please us. She was the princess of our house and the best, loyal, and adorable company.

Two months before my move to Philadelphia, our precious Yucha died from a heart attack. She was nine years old. It was very painful because she was part of our family, she was our happiness. It was not easy to be in that house without our little white Yucha and with all the memories about her. Everything was there: her bowls, food, toys, bed…and we could not feel her there, her bark, her walk, and her hair, everywhere.

It is almost one year since Yucha passed away and I still miss her a lot. I want to adopt another little puppy, because, certainly, she or he will bring more happiness for my home. I’m trying to convince my husband to buy a “little baby” for me, because I want to feel that love for a pet that I felt once for my cute Yucha.

Kamyla Sa Leitao (Brazil)

Independence ESL


Feliz por ainda lhe ver em meus sonhos...


terça-feira, 2 de março de 2010

Todo dia...

Nunca gostei de acordar cedo, acordar sorrindo, acordar para enfrentar um transporte público lotado.

Nunca gostei das primeiras aulas do dia, de fazer prova cedinho, de sentar na primeira fila de carteiras morrendo de sono.

Nunca gostei de não comer nada entre café-da-manhã e almoço, almoçar sozinha, cozinhar só para mim.

Nunca gostei de aulas entediantes, ficar no microscópio, desenvolver atividades mecanicamente, após o almoço.

Nunca gostei de ordens, tom de voz alto e respostas sem sentido.

Nunca gostei e nunca admirei pessoas mimadas, sem objetivos, que ficam esperando algo cair do céu enquanto oportunidades estão embaixo dos seus olhos. Nunca gostei de pessoas estagnadas.

Nunca gostei de sapatos sem saltos.

Nunca gostei de ficar em casa durante fim-de-semana, perder as mais comentadas festas, passar despercebida.

Nunca gostei... de tanta coisa.

Mas o tempo passa e nos ensina que os desprazers na vida são necessários... a rotina cansativa pode, no futuro, ser saudosa e que devemos aproveitar até os episódios "nunca gostei", pois em um certo momento em sua vida eles serão relembrados, com risos e, certamente, você irá dizer - "ai,ai, tempo bom...que não volta mais!".

Continuo sem gostar de acordar cedo, mas sorrio muitas vezes. Não me incomodo em ter aulas pela manhã, o problema é acordar. Continuo gulosa e almoçando só. Ouvidos continuam sensíveis aos tons altos. Minha opnião sobre caráter não muda, mas entendo agora, que não tenho nada a ver com isso, é problema da pessoa portar esse comportamento miserável. Prefiro infinitamente um salto alto poderoso, mas meu joelho discorda várias vezes. Adoro ficar em casa, com meu marido e amigos.

"Todo dia ela faz tudo sempre igual..."