Pages

quarta-feira, 10 de março de 2010

Prefiro agradecer...


Nem tudo são flores...

O dia começa nostálgico... mesmo não estando um tempo tão frio sinto que será difícil abandonar a cama e a proteção do lar... mas é preciso... tenho que!!!

O banho não requer mais aquela água escaldante e o cabelo não necessita ser secado... isso já faz o dia ficar melhor... almoço já feito, mas prefiro só um lanche...

Caminhada agradável até o ponto de ônibus...algumas informações fornecidas a uma senhora e 40 minutos de percurso...nada de anormal no caminho... só a data sendo mostrada no letreiro do ônibus me lembrando o quanto estou longe hoje...

A mesma caminhada, os mesmos 6 quarteirões percorridos toda segunda, quarta, quinta e sexta... na terça caminho 8... os mesmos rostos desconhecidos, as mesmas ruas, agora, conhecidíssimas...

1 até as 3h... adoro minhas aulas, meu humor muda completamente...e hoje o assunto foi relacionado com saúde... como me identifiqei, como falei, como interrompi a Jackie... mas isso me fez bem. Apesar da sensação que há muita coisa a ser aprendida, a ser absorvida, as horas que passo diariamente nessa atividade são indispensáveis... mas você percebe que todo aquele novo vocabulário só irá fixar-se em sua rotina quando aplicados em alguma situação... e assim fica tatuado e aumenta sua massa cinzenta...

Outra caminhada, mais 40 minutos de volta, passa no caixa eletrônico, abastece o cartão da lavanderia, chega em casa... laundry's day... completamente sem paciência... sem ânimo... sem vontade de comer... agora preciso cozinhar e só para mim...

O dia não foi tão bom... o astral não estava dos melhores... talvez por estar sempre lembrando que hoje é o primeiro de muitos aniversários de pessoas tão amadas que não vou compartilhar, não vou abraçar, não vou presentear...

Mesmo com essa nuvem negra sobre mim, no momento em que deitar minha cabeça no travesseiro vou fazer minhas orações de todas as noites e agradecer arduamente por tudo que tenho em minha vida... pedir para os que partiram repentinamente sejam acolhidos na casa do Senhor... pedir para os que ficaram o conforto necessário... muita saúde e proteção para todos que amo... e a mão protetora sobre meu marido durante mais um plantão... ainda não consigo rezar pelos que não gosto (e nem sei se um dia conseguirei)!!!!

As vezes até esqueço de pedir para mim... prefiro agradecer!!!!




4 comentários:

Paula Aragão disse...

Muito, muito legal vc compartilhar seu dia conosco...Seus leitores assíduos!
Saiba que a distância não diminui as vibrações positivas que quem gosta de vc lhe envia, me incluo neste meio agora!
Mesmo sem permissão sua.
Mas, a internete tem isso...
Lendo vc, penso que a gente já se conhece há um tempão. Pelas postagens e seus comentários muito delicados no meu blog, já virei amiga de infância!!
bjão.

Kamyla disse...

Paula, vc sempre com palavras carinhosas...e realmente me identifiquei muito com vc...ainda bem q temos a internet!!!!!!
Bjossssss

Fanny disse...

Ola KAmyla, eu tambem encontrei seu blog por casualidade e gostei muito, me identifico com muitas coisas que vc fala, principalmente da saudade, pois tambem sou estrangeira, morando longe da terrinha. Eu moro nos 'suburbs' de Philly, e tambem sou farmaceutica! abraços

Kamyla disse...

Olá Fanny... muito bom saber q vc se identificou...onde vc mora em Philly? Vamos nos falar mais, pois já temos mais de 1 coisa em comum,rsrsrsrs.
Abraço!!!!!

Postar um comentário

Sinta-se a vontade em escrever... fale, questione, ou apenas diga "Oi"...mas tudo isso, claro, se estiver com vontade!!!!!!
Apenas, seja você.