Pages

terça-feira, 16 de março de 2010

Por dentro e por fora...


No curso das minhas peregrinações pelo centro da cidade de Philadelphia, ou seja, diariamente, percebo a diferença existente sobre as pessoas que caminham ao meu lado nesse novo país. Por ser altamente observadora... até demais... conclui que, pelo sua cor, define-se seu estilo... sempre lembrando que toda regra tem a sua pontual exceção, e que minha observação aconteceu entre as "young ladies"...

Mulher branca... roupas discretas, em tons pálidos, quase confudidos com nudez, muitas vezes... conforto acima de uma boa aparência, então o tênis é fundamental... cabelos presos ou cortes super discretos, comuns... voz baixa... andar concentrado, quase flutuante... acessórios discretos - até hoje vi pouquíssimas brancas com argolas ou brincos maiores-... unhas curtas, sem esmalte fluorescente.

Mulher negra... muitas vezes consigo ver o arco íris em uma só peça de roupa... adoram cores... o mais apropriado seria chamar salto com sapato, pois facilmente a encontro com saltos altíssimos... e algumas, de gosto mais apurado, com exemplares belíssimos... perucas, isso mesmo - super comum entre as negras - ... tom de voz: megafone... impossível uma passar e você não olhar... andar extravagante, quase em uma passarela... unhas longas e bem pintadas, mas algumas inovadoras demais... e os acessórios são apenas "acessórios" quando comandados por mulheres tão cheias de atitudes...

Pelo telefone sabe-se a cor de pele, pois o modo de falar é completamente diferente...

E, analisando minhas observações recentes, conclui que, após sair de casa hoje com minha sandália roséo cereja, minha calça brasileira - que foi reconhecida por outra brasileira assim que desembarquei em Miami - minha e-charpe fashion, meus longos brincos, meus imensos óculos, relógio e bolsa, e meu marcante andar... conclui que EU SOU NEGRA... nesse país meu estilo é dessa cor...

E hoje, ao preencher os papéis do Censo 2010, por falta de opção, fui orientada a marcar um "X" na raça WHITE... branca, eu?

Sigo assim, feito uma esponja pelo novo, nesse país com minhas "duas cores"... inside and outside!!!!!


2 comentários:

Naninha disse...

Brasileiro branco eu nem sei se existe! A gente é uma mistura de tanta coisa...

Kamyla disse...

A minha revolta era justamente essa...eu dizia: "White?Me? No way".... e todos na sala diziam: "Yes, white!!!You're white!!!!!".
Dou you believe it??????
Eu mereço!!!!!!!kkkkkkkkkkk.

Postar um comentário

Sinta-se a vontade em escrever... fale, questione, ou apenas diga "Oi"...mas tudo isso, claro, se estiver com vontade!!!!!!
Apenas, seja você.