Pages

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Como funciona ???



Chegando a esse novo país, fui surpreendida por uma avalanche de pequenas diferenças... coisinhas bobas do cotidiano, que você rapidamente se acostuma, mas que sempre estão lhe lembrando que você não está no Brasil...pelo menos em Fortaleza...

Vou tentar lembrar a ordem em que fui introduzida aos estranhos companheiros...

  • Ausência de lixeira no banheiro - isso mesmo, os banheiros não possuem lixeiras, pois descarta-se o "material de limpeza" descarga abaixo. E existe um pequeno compartimento na parede dos banheiros públicos para descartes de "produtos de higiene feminina";
  • As fechaduras das portas são de cabeça para baixo - ou seja, você faz o movimento de trancar e abrir, com a chave, de maneira contrária...com esse, às vezes, ainda me confundo;
  • Banheira no banheiro não é artigo de luxo - super comum entre os americanos;
  • Esqueceram de pôr luz no teto - vários abajures espalhados pela casa...pois, luz no teto, na maioria das casas, só no banheiro, cozinha e sala de jantar;
  • Carro com marchas automáticas - uma delícia dirigir dessa forma... por isso constatamos uma grande quantidade de senis dirigindo pela cidade;
  • Self checkout machines - em grandes lojas esse sistema é adotado, onde você mesmo registra seus produtos e efetua o pagamento...e sem nenhuma supervisão;
  • Dishwasher - uma super ajuda as donas de casa, como eu, pois tira-se o excesso de sujeira e gordura das louças com uma escovinha apropriada e é só colocá-las na máquina;
  • Cobrador de ônibus - não há essa profissão aqui... existe uma máquina localizada ao lado do motorista, onde você deposita seu dinheiro. Ah, precisa estar trocadinho, no valor certo, pois não há troco;
  • Frentista - não conheci nenhum por aqui ainda... você mesmo que se encarrega de abastecer seu carro nos postos... o pagamento é feito na própria bomba com o cartão de crédito, ou na loja de conveniência;
  • Carpete - devido ao frio o carpete está em toda a casa, exceto banheiro e cozinha;
  • Água quente na torneira da cozinha - durante o inverno a água é congelante...
  • Simulação de incêndio pelos bombeiros - em nosso primeiro apartamento havia quase semanalmente...todos os alarmes são disparados (os dos corredores e do interior do seu apartamento) para checagem se os mesmo estão funcionando... dia muito barulhento, sempre acabava com uma boa enxaqueca;
  • Bebidas alcoólicas - só são vendidas em lojas específicas... não se encontra em supermercado e lojas de conveniências;
  • Vida noturna - percebi que as pessoas se recolhem super cedo... quando você anda pela cidade após meia noite ela é silenciosa, quase fantasma;
  • Mão de obra senil - muito comum, você os vê em todas as lojas;
  • $19,99 é $19,99 - sempre recebo meu one cent de troco;
  • Diferença no sistema métrico - peso não é em Kg, g e sim em lb (pounds) ou oz (ounces). Medir o comprimento não é em m, cm ou Km e sim em in (inches), ft (feet) e mi (miles). A velocidade não é em Km/h e sim em MPH (miles per hour). O volume não é em ml ou L, usa-se o oz (ounce) ou gal (gallons). Temperatura não é em Celsius, medimos com Fahrenheit. Essa diferença é a que mais requer tempo para adaptação!!!

Estou postando aqui o que vivenciei e não sei se é regra e aplica-se aos outros estados desse país.

Existem também diferenças gritantes, que, no começo você pensa que não irá acostumar-se ... acostuma sim. Tem dias que acordo e nem lembro que estou tão longe.

I'm already getting used to live here!!!


6 comentários:

Quel disse...

No Canadá é igualzinho. Deixa ver se lembro de mais coisas... o fogão não é em chama e sim elétrico; quase tudo que é comida vem em lata ou caixa e não dá trabalho nenhum preparar ( a não ser que vc invente de fazer os quitutes brasileiros, caso encontre os ingredientes); vc pode ligar os carros à distância pra, no inverno, já deixá-los aquecendo por dentro antes de entrar; não tem ralo nos banheiros; como vc disse, as boates fecham por volta de 2am; não é permitido tomar bebida alcóolica em locais públicos, somente em locais apropriados ou dentro de casa; geralmente as TV's têm um programa que permite que grave, "revert " ou "forward" o que tiver passando (dessa sou fã); as casas e prédios têm chaminés que soltam fumacinha durante todo o inverno (aaaaaiinnnn que saudade ingrata).
Bjs Myla

Dani disse...

Essa paradinhas das medidas, peso, temperatura é que deve ser fueda! Eu, particularmente ia levar um tempão pra entender esse negócio de inches, Fahrenheit...
Mas vc é jovem... vc aprende! Hehehe

Paula Aragão disse...

Oi Kamila, por acaso 'fuçando' na net vi seu blog e achei muito legal!!
Principalmente o fato de vc passar a vender marcas em Fortaleza.rs...
Virei seguidora.

Vivi :) disse...

Adorei algum,as das coisas diferentes... mas essa da lixeira do banheiro, sei não... coisa de gringo, né?

Anônimo disse...

Muitas coisinhas interessantes, mas outras coisinhas estranhas.... como diz um amigo do Davy (meu maridinho) "La nos USA eh bom, mas eh ruim, aqui no Brasil eh ruim, mas eh bom".....
bjuuuu
Fernanda Coelho

Noé disse...

Pois é... sao essas pequenas diferenças que fazem grande diferença...
Vivenciei exatamente tudo o que vc descreveu ai no periodo que estive na Alemanha, sendo o fato de nao existir trocador nos onibus nem nas estaçoes de trens o que me chamou mais atençao...
Isso me faz as vezes pensar que o Brasil talvez nunca vire primeiro mundo, pois o povo de uma forma geral faz de tudo para tirar proveito das situaçoes...
O centavo que nunca recebemos de troco aqui... la eu recebi... a porta de um local publico que é segurada pra nao bater em vc... os pedestres que so atravessam na faixa de pedestre e se o sinal estiver verde, mesmo que nao venha carro algum na rua... todos ficam do lado direito na escada rolante para que aqueles que estao com pressa possam passar pela esqueda...
Muito legal esse seu blog... eu ate tinha começado um na minha viagem, mas acabei por deixar de lado... so escrevi um texto e nem publiquei... fica pra proxima....
Continue com ele... fluoxetina pra que? hahahaha :P
ate mais

Postar um comentário

Sinta-se a vontade em escrever... fale, questione, ou apenas diga "Oi"...mas tudo isso, claro, se estiver com vontade!!!!!!
Apenas, seja você.